Placas Fotoluminescentes: Saiba tudo sobre!

NBR 9050
NBR 9050: Guia atualizado e completo!
05/02/2024
Envelopamento de frota
Envelopamento de frota: Dicas e vantagens
17/04/2024
Mostrar tudo

Placas Fotoluminescentes: Saiba tudo sobre!

placas fotoluminescentes

A segurança em ambientes residenciais, comerciais e industriais é uma preocupação constante e abrangente. Dentro deste contexto, a sinalização de segurança desempenha um papel crucial, especialmente em situações de emergência. Entre as diversas soluções disponíveis, as placas fotoluminescentes se destacam por sua eficácia e autonomia em iluminar rotas de fuga e sinalizar equipamentos de segurança sem a necessidade de energia elétrica.

Este artigo visa explorar o universo das placas fotoluminescentes, abordando desde o seu princípio de funcionamento, importância, vantagens, até as normas e certificações aplicáveis. Através de uma exploração detalhada, o leitor será capaz de compreender não apenas como essas placas funcionam, mas também como elas podem ser implementadas para aumentar a segurança em diversos ambientes.

O que é Sinalização Fotoluminescente?

placas fotoluminescentes

A Sinalização Fotoluminescente se diferencia das placas de sinalização comuns por sua capacidade de emitir brilho em ambientes totalmente sem luz. Ela auxilia as pessoas a se direcionarem para as rotas de fuga, saídas de emergência e indicar a localização de extintores e hidrantes em ambientes totalmente escuros.

Como saber se a sinalização é fotoluminescente?

Para identificar se a sinalização é fotoluminescente, você pode observar algumas características específicas das placas. Aqui estão algumas dicas para ajudar na identificação:

  • Brilho no escuro: A sinalização fotoluminescente possui a capacidade de emitir brilho no escuro, mesmo na ausência de luz externa. Isso significa que elas serão visíveis e iluminadas mesmo em ambientes com pouca ou nenhuma luminosidade.
  • Recarga de luz: Essas placas absorvem a luz ambiente ou artificial e a armazenam temporariamente. Elas podem recarregar sua luminescência ao serem expostas à luz, seja natural ou artificial.
  • Tempo de duração: A sinalização fotoluminescente deve emitir brilho por um período de tempo determinado, geralmente especificado pelo fabricante. Um tempo comum é de até 30 horas, mas pode variar dependendo do tipo de material e da qualidade da sinalização.
  • Indicações de fotoluminescência: Muitas vezes, a sinalização fotoluminescente terá indicação visuais que mostram sua natureza fotoluminescente, como símbolos ou palavras que indicam “fotoluminescente” ou “glow in the dark”.

Ao observar essas características, você poderá identificar se é fotoluminescente e reconhecer sua capacidade de emitir brilho no escuro, sendo uma importante forma de sinalização para orientação e segurança durante evacuações e situações de emergência.

Qual a Importância da Sinalização Fotoluminescente?

Sua principal função é proporcionar uma fonte de iluminação em situações onde a iluminação convencional falha ou é inadequada. Em situações de emergência, como incêndios ou falta de energia, a sinalização fotoluminescente pode ajudar a orientar as pessoas para as saídas de emergência de maneira segura e eficiente.

Esse tipo de sinalização absorve luz quando está em um ambiente iluminado e depois brilha no escuro, proporcionando uma iluminação útil mesmo sem a presença de uma fonte de luz constante.

Além de sua aplicação em situações de emergência, a sinalização fotoluminescente também é usada para indicar informações em ambientes de baixa luminosidade, como:

  • cinemas;
  • teatros;
  • estacionamentos subterrâneos;
  • entre outros.

A sinalização fotoluminescente é um elemento crucial para a segurança, pois ajuda a evitar acidentes e pode facilitar os processos de evacuação em situações de emergência. Ela aumenta a visibilidade em condições de pouca luz ou escuridão total e pode fazer a diferença entre uma saída segura e um possível acidente ou incidente.

Portanto, a importância da sinalização fotoluminescente não deve ser subestimada, tanto para a segurança diária quanto para a segurança em situações de emergência.

Quais as vantagens da placa fotoluminescente?

placas fotoluminescentes

As placas fotoluminescentes representam uma solução inovadora e sustentável no campo da sinalização de segurança, oferecendo uma série de vantagens significativas em comparação aos métodos convencionais. Essas placas não apenas garantem a segurança das pessoas em ambientes fechados e abertos, mas também trazem benefícios econômicos e ambientais consideráveis. A seguir, exploramos as principais vantagens das placas fotoluminescentes, destacando seu papel essencial em promover um ambiente seguro e sustentável.

Baixo custo

Uma das principais características das placas fotoluminescentes é sua capacidade de funcionar sem necessidade de fontes de energia elétrica, o que representa uma economia significativa com custos de instalação e manutenção.

Além disso, por serem produtos de longa vida útil e baixa manutenção, essas placas se apresentam como uma opção econômica e sustentável, reduzindo a necessidade de substituições frequentes e minimizando o impacto ambiental.

Durabilidade e Versatilidade

Projetadas para resistir a adversidades ambientais, as placas fotoluminescentes demonstram uma excepcional durabilidade. Sua resistência a umidade, altas temperaturas e exposição a produtos químicos garante uma vida útil prolongada.

Além disso, sua versatilidade permite aplicação em uma ampla gama de ambientes, como indústrias, edifícios comerciais, hospitais, escolas e hotéis, adaptando-se perfeitamente às necessidades específicas de cada local.

Fácil Instalação e Alta Visibilidade

A instalação simplificada das placas fotoluminescentes é outro ponto de destaque, dispensando a necessidade de profissionais especializados e permitindo uma implementação rápida e eficiente. Em situações de emergência, a visibilidade aprimorada oferecida por estas placas é crucial.

Seu brilho no escuro assegura que rotas de fuga, saídas de emergência e equipamentos de segurança sejam facilmente identificados, facilitando a evacuação rápida e segura dos ocupantes.

Confiabilidade e Independência Energética

A capacidade das placas fotoluminescentes de operarem independentemente de fontes de energia externas é uma vantagem inestimável, garantindo sua funcionalidade contínua mesmo em situações de corte de energia. Esta alta confiabilidade, somada à independência energética, assegura que a sinalização permaneça visível e eficaz, contribuindo significativamente para a segurança dos ambientes.

Eco-friendly

Por fim, o aspecto eco-friendly das placas fotoluminescentes merece destaque. A ausência de necessidade de energia elétrica para seu funcionamento, aliada ao uso de materiais não tóxicos e recicláveis, reforça o compromisso com a sustentabilidade, reduzindo o consumo de energia e minimizando os impactos ambientais associados.

Em suma, as placas fotoluminescentes não só cumprem com excelência seu papel em promover a segurança em diversos ambientes, como também se alinham com práticas sustentáveis e econômicas, representando uma escolha inteligente para projetos que visam eficiência, durabilidade e responsabilidade ambiental.

Como funcionam as Placas Fotoluminescentes?

placas fotoluminescentes

As placas fotoluminescentes funcionam por meio da absorção de luz, seja ela natural ou artificial, e armazenam essa energia em seus componentes.

Quando expostas à escuridão, as placas liberam essa energia na forma de luz, garantindo a visibilidade da sinalização mesmo em situações de falha de energia ou pouca iluminação.

A sinalização fotoluminescente, também conhecida como sinalização fosforescente, funciona com base em um fenômeno chamado fosforescência. Esse fenômeno ocorre quando um material absorve energia luminosa e a reemite gradualmente na forma de luz visível, mesmo após a fonte de energia ser removida.

O processo de funcionamento da sinalização fotoluminescente inicia-se quando ela é exposta à luz, seja luz natural ou artificial. Durante essa exposição, os materiais fotoluminescentes presentes na placa absorvem a energia luminosa, carregando-se com essa energia.

Após a remoção da fonte de luz, os materiais fotoluminescentes começam a liberar lentamente a energia armazenada, emitindo luz visível. Essa emissão de luz pode durar por um período de tempo limitado, dependendo da qualidade e das características do material utilizado na placa.

Dessa forma, a sinalização fotoluminescente é capaz de proporcionar uma iluminação suave e contínua em ambientes de baixa ou nenhuma luminosidade, garantindo a visibilidade das informações ou sinalizações presentes nas placas, mesmo quando não há luz externa disponível.

Essa característica é especialmente útil em situações de emergência, como incêndios ou quedas de energia, onde a visibilidade das rotas de fuga, saídas de emergência e outros elementos de segurança é crucial para a orientação e a segurança das pessoas presentes no local.

Tipos de Sinalização Fotoluminescente

placas fotoluminescentes

Dada a importância que acabamos de destacar, é essencial entender os diferentes tipos de sinalização fotoluminescente disponíveis e como eles são aplicados.

A sinalização fotoluminescente pode ser dividida em várias categorias, dependendo de seu propósito e local de aplicação. Os principais tipos incluem:

Sinalização de emergência

Essa categoria inclui placas e sinais utilizados para indicar saídas de emergência, rotas de fuga e equipamentos de segurança, sinalização contra incêndio e caixas de primeiros socorros.

Esses sinais geralmente apresentam pictogramas e setas direcionais para garantir uma rápida compreensão e orientação das pessoas em situações de emergência.

Como por exemplo:

Tipo de Sinalização de EmergênciaDescrição
Placas de Saída de EmergênciaIndicam a localização das saídas de emergência e fornecem instruções sobre como proceder em caso de evacuação.
Sinais de Alarme de IncêndioIndicam a presença de um alarme de incêndio e orientam as pessoas sobre as ações a serem tomadas em caso de incêndio.
Sinais de Rota de FugaMostram a direção a seguir ao longo das rotas de fuga durante uma evacuação, geralmente com setas e texto indicativo.
Sinais de Primeiros SocorrosIndicam a localização de equipamentos e kits de primeiros socorros para assistência médica imediata em casos de emergência.
Sinais de Abandono de ÁreaAvisam as pessoas sobre a necessidade de abandonar uma área devido a uma situação de emergência, como um vazamento de produtos químicos.
Sinais de PerigoAlertam para a presença de perigos iminentes, como riscos elétricos, substâncias inflamáveis ​​ou áreas com risco de queda.

Sinalização de segurança

Estas são usadas principalmente em edifícios e instalações que exigem rotas de evacuação claras. Incluem placas de saída, sinais de direção, sinais de primeiros socorros, entre outros.

Como por exemplo:

Tipo de Sinalização de SegurançaDescrição
Placas de Saída de EmergênciaIndicam a localização e a direção das saídas de emergência. Geralmente são posicionadas acima das portas de saída ou ao longo das rotas de evacuação.
Sinais de DireçãoDirecionam as pessoas para as rotas de evacuação e saídas de emergência. Eles podem indicar a direção para seguir com setas ou outros indicadores.
Sinais de Extintor de IncêndioIndicam a localização dos extintores de incêndio. Ajudam a garantir que esses dispositivos de segurança contra incêndios possam ser encontrados rapidamente em uma emergência.
Sinais de Ponto de EncontroDesignam a localização segura onde as pessoas devem se reunir após a evacuação de um prédio ou área.
Sinais de Primeiros SocorrosIndicam a localização dos kits de primeiros socorros, desfibriladores e outros equipamentos médicos de emergência.
Sinais de ProibiçãoSinais que indicam ações proibidas, como não fumar ou não usar elevadores em caso de incêndio.

Sinalização de orientação

Estes sinais ajudam a orientar pessoas em ambientes de baixa luminosidade. Eles podem indicar a localização de instalações como banheiros, escadas, elevadores ou saídas.

Como por exemplo:

Tipo de Sinalização de OrientaçãoDescrição
Sinais de DireçãoIndicam a direção a seguir para locais específicos, como saídas, banheiros, salas de reunião ou áreas de serviço.
Sinais de SetasMostram a direção a ser seguida usando setas para orientar as pessoas em corredores, passagens ou áreas de grande circulação.
Sinais de Números de AndaresIndicam o número de cada andar em edifícios, facilitando a localização e orientação vertical.
Sinais de Mapas de RotasExibem mapas com rotas e pontos de interesse, permitindo que as pessoas se localizem e planejem sua movimentação no local.
Sinais de Acesso para Pessoas com DeficiênciaIndicam rotas e instalações acessíveis para pessoas com deficiência, como rampas, elevadores ou banheiros adaptados.
Sinais de Saídas de EmergênciaInformam a localização das saídas de emergência, permitindo que as pessoas as encontrem facilmente em caso de necessidade.

Sinalização de informação

Este tipo de sinalização é geralmente usado em ambientes como cinemas, teatros ou estacionamentos subterrâneos para fornecer informações úteis.

Como por exemplo:

Tipo de Sinalização de InformaçãoDescrição
Sinais de Identificação de SalasIndicam o nome ou número das salas em edifícios, como escritórios, escolas ou hospitais.
Sinais de Informações GeraisFornece informações úteis, como horários de funcionamento, normas de conduta ou instruções específicas.
Sinais de Serviços DisponíveisInformam sobre os serviços disponíveis no local, como restaurantes, lojas, caixas eletrônicos ou estacionamentos.
Sinais de HoráriosExibem horários de funcionamento de determinados locais ou serviços, como transporte público, museus ou cinemas.
Sinais de Informações de SegurançaTransmitem informações sobre medidas de segurança, procedimentos de evacuação ou ações a serem tomadas em caso de emergência.
Sinais de Acesso Wi-FiIndicam a disponibilidade de acesso Wi-Fi gratuito em determinadas áreas ou estabelecimentos.

Sinalização de aviso

Esta categoria inclui sinais que destacam potenciais riscos ou perigos, como saídas de emergência, extintores de incêndio, equipamentos de primeiros socorros, entre outros.

Como por exemplo:

Tipo de Sinalização de AvisoDescrição
Sinais de PerigoAlertam para a presença de perigos iminentes, como substâncias tóxicas, alta tensão elétrica, áreas escorregadias ou risco de quedas.
Sinais de CuidadoChamam a atenção para situações que requerem cuidado especial, como pisos molhados, superfícies quentes ou objetos pesados.
Sinais de RestriçãoIndicam restrições ou proibições, como a proibição de fumar, a entrada apenas para pessoal autorizado ou a velocidade máxima permitida.
Sinais de Risco BiológicoAlertam para a presença de riscos biológicos, como a exposição a materiais perigosos, vírus ou bactérias.
Sinais de RadiaçãoInformam sobre a presença de radiação ionizante, como em áreas de trabalho nuclear ou instalações médicas com equipamentos de radiologia.
Sinais de Proteção AuditivaIndicam a necessidade de utilizar proteção auditiva, como em áreas com níveis elevados de ruído ou em locais de construção.

Cada tipo de sinalização fotoluminescente tem um papel crucial a desempenhar na garantia da segurança e orientação das pessoas, especialmente em situações de emergência. A escolha do tipo adequado depende das necessidades específicas de cada local.

Normas e Certificações das Placas Fotoluminescentes

As placas fotoluminescentes de alta qualidade estão alinhadas com a norma brasileira NBR 13434, estabelecida pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Esta norma especifica os requisitos para a sinalização de segurança contra incêndio e pânico, incluindo aspectos relacionados à fotoluminescência, visibilidade, durabilidade e legibilidade em condições adversas ou de baixa luminosidade.

Além das diretrizes nacionais, a conformidade com a norma internacional ISO 16069, da Organização Internacional de Normalização, é igualmente importante. Essa norma global define os princípios para a implementação de um sistema de sinalização de segurança fotoluminescente, abrangendo desde a produção até a aplicação das placas, garantindo que estas sejam eficazes em guiar pessoas para a segurança em emergências.

Importância das Certificações

A obtenção de certificações baseadas nessas normas é um indicativo crucial da qualidade e da confiabilidade das placas fotoluminescentes. Estas certificações não apenas validam que os produtos atendem aos requisitos técnicos e de segurança mais rigorosos, mas também servem como um diferencial competitivo no mercado, demonstrando o comprometimento dos fabricantes com a excelência em segurança.

A conformidade com essas normas e a obtenção das respectivas certificações proporcionam uma série de benefícios, entre eles:

  • Garantia de Segurança: Assegura que as placas fotoluminescentes fornecem orientações claras e visíveis durante emergências, contribuindo significativamente para a segurança dos indivíduos.
  • Durabilidade: Produtos certificados tendem a possuir uma maior durabilidade e resistência a condições adversas, o que é fundamental para a eficácia a longo prazo da sinalização.
  • Confiança dos Usuários: A conformidade normativa reforça a confiança dos clientes nos produtos, sabendo que estes passaram por testes rigorosos e atendem a padrões de qualidade e segurança estabelecidos.

Em resumo, a adesão às normas e certificações relevantes é essencial para as placas fotoluminescentes, garantindo não apenas sua eficácia em promover a segurança, mas também fortalecendo a confiança do mercado em sua qualidade e confiabilidade. Investir em produtos que cumprem com esses requisitos é uma decisão inteligente para qualquer projeto que valorize a segurança, a durabilidade e a responsabilidade social.

Como saber se as placas fotoluminescentes têm certificação?

Identificar se as placas fotoluminescentes possuem as certificações necessárias é um passo crucial para garantir a segurança, a qualidade e a conformidade com as normas vigentes. Para assegurar-se de que está adquirindo produtos certificados e adequados às suas necessidades, é importante estar atento a alguns critérios essenciais. Aqui, detalhamos como verificar a certificação das placas fotoluminescentes, priorizando a segurança e a conformidade normativa.

Verificação da Norma NBR 16820:2020

Certifique-se de que as placas fotoluminescentes estão enquadradas na norma NBR 16820:2020. Esta norma brasileira estabelece os requisitos específicos para a fabricação e o desempenho de sistemas de sinalização de segurança, incluindo aspectos relacionados à fotoluminescência e à não propagação de chamas. A conformidade com essa norma é um indicativo de que os produtos atendem a critérios rigorosos de segurança e qualidade.

Materiais Resistentes e Duráveis

É fundamental que as placas fotoluminescentes sejam confeccionadas com materiais resistentes às variadas condições ambientais, tanto internas quanto externas. Verifique se os produtos oferecem alta resistência à exposição contínua ao sol, chuva, vento e outras condições adversas. A durabilidade em diferentes ambientes garante não apenas a longevidade do investimento, mas também a eficácia contínua da sinalização em situações de emergência.

Exigência de Qualidade e Especialização do Fornecedor

Ao escolher placas fotoluminescentes, priorize fornecedores especializados no segmento de segurança e proteção contra incêndio. Esses fornecedores são mais propensos a oferecer produtos de alta qualidade, que cumprem rigorosamente as normas e certificações exigidas. A especialização do fornecedor é um fator determinante na qualidade do equipamento, refletindo seu compromisso com a segurança e a eficiência dos produtos oferecidos.

Consulta de Certificados e Selos de Qualidade

Para uma verificação mais precisa, solicite aos fornecedores os certificados de conformidade com as normas aplicáveis. Muitos fabricantes e distribuidores disponibilizam essas informações em seus websites ou mediante solicitação direta. Os selos de qualidade e certificados são evidências tangíveis da adesão às normas e do compromisso com a segurança dos produtos.

Ao seguir essas diretrizes, você poderá identificar com confiança as placas fotoluminescentes que possuem as certificações necessárias, assegurando a eficácia, a segurança e a conformidade com as normas vigentes. A escolha de produtos certificados e fornecedores especializados é fundamental para garantir a integridade da sinalização de segurança em seu estabelecimento, promovendo um ambiente mais seguro para todos.

Quais características e informações devem constar na Sinalização Fotoluminescente?

placas fotoluminescentes

A sinalização fotoluminescente deve cumprir algumas características e informações específicas para que sejam efetivas e estejam de acordo com as normas estabelecidas. Seguem algumas das principais:

  • Fotoluminescência: A principal característica dessas placas é a capacidade de absorver luz (natural ou artificial) e emiti-la na ausência de iluminação. Isso as torna visíveis no escuro.
  • Símbolos e Desenhos: As placas devem conter símbolos claros e universalmente reconhecidos. Isso permite que sejam compreendidas independentemente da língua ou cultura do observador. Exemplos comuns incluem uma figura humana correndo para uma saída para indicar uma saída de emergência, ou um extintor de incêndio para indicar a localização de um extintor.
  • Cores: As placas devem seguir um código de cores específico para transmitir informações. Por exemplo, de acordo com a norma NBR 13434, verde é usado para sinalização de emergência, vermelho para equipamentos de combate a incêndio, e amarelo para sinalização de advertência.
  • Legibilidade: As placas devem ser facilmente legíveis a uma distância apropriada, o que significa que o tamanho e o contraste dos símbolos e do texto são importantes.
  • Materiais: As placas devem ser feitas de materiais duráveis e resistentes a diversos fatores, como calor, frio, umidade e luz UV.
  • Localização e Instalação: As placas devem ser instaladas em locais adequados e visíveis, a uma altura e distância adequadas do chão e dos obstáculos.
  • Manutenção: As placas devem ser mantidas em bom estado, o que implica em limpezas regulares e substituição quando necessário.

As especificidades dessas características e informações podem variar dependendo das normas locais e nacionais aplicáveis. Por exemplo, no Brasil, a norma NBR 13434 da ABNT oferece diretrizes detalhadas para a sinalização de segurança.

Manutenção e Cuidados com as Placas Fotoluminescentes

As placas fotoluminescentes são projetadas para ter uma longa vida útil e requerem pouca manutenção. No entanto, é importante tomar alguns cuidados para garantir o máximo de eficiência e durabilidade:

  • Limpeza: Mantenha as placas limpas, utilizando um pano úmido e sabão neutro. Evite produtos químicos abrasivos que possam danificar a superfície das placas.
  • Inspeção: Realize inspeções periódicas para verificar se as placas estão em bom estado de conservação e se a sinalização continua visível e legível.
  • Reposicionamento: Caso ocorram mudanças no layout do ambiente, certifique-se de reposicionar as placas fotoluminescentes de acordo com as novas rotas de fuga e pontos de interesse.

Capacitação e Treinamento

Para garantir a eficácia das placas fotoluminescentes em situações de emergência, é fundamental que os funcionários e frequentadores do ambiente estejam familiarizados com a sinalização e saibam como agir em caso de evacuação.

No Brasil, as normas para a sinalização com essas placas são estabelecidas principalmente pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) através da NBR 13434. Essa norma é dividida em três partes:

  • NBR 13434-1: Esta parte da norma estabelece os princípios de projeto para sinalização de segurança contra incêndio e pânico, incluindo a aplicação dessas placas.
  • NBR 13434-2: Esta parte da norma especifica as características físicas das sinalizações de segurança. Define questões como dimensões, cores e materiais a serem usados.
  • NBR 13434-3: Esta parte da norma especifica os requisitos de fotoluminescência para sinalização de emergência.

Além da NBR 13434, outras normas e regulamentos podem ser aplicáveis, dependendo do contexto. Por exemplo, em edifícios públicos, as regras de acessibilidade estabelecidas pela NBR 9050 devem ser seguidas.

Em ambientes de trabalho, as Normas Regulamentadoras (NRs) do Ministério do Trabalho e Emprego podem estabelecer requisitos adicionais para a sinalização de segurança.

É importante observar que, embora a ABNT estabeleça as normas técnicas, a implementação e a fiscalização do cumprimento dessas normas são geralmente responsabilidade de órgãos locais, como os Corpos de Bombeiros, e variam de acordo com cada estado e município.

Portanto, sempre é recomendável verificar as regulamentações locais ao planejar a sinalização fotoluminescente.

Quando usar a sinalização fotoluminescente?

Sinalização fotoluminescente deve ser usada em situações onde a iluminação normal pode falhar ou não estar presente, tornando a orientação e a navegação difíceis. Estes podem ser locais como prédios, corredores, saídas de emergência, escadas e passagens.

Em caso de uma falha de energia, a sinalização fotoluminescente pode ser a única forma de direção visível, por isso é crucial em situações de emergência. Essa sinalização absorve luz (natural ou artificial) e a armazena, liberando-a gradualmente na forma de luminosidade, mesmo na ausência de luz.

Ela é particularmente útil para indicar rotas de fuga em situações de emergência, orientar pessoas em ambientes pouco iluminados, demarcar equipamentos de segurança, entre outras situações.

A sinalização fotoluminescente também é comumente usada em situações de baixa visibilidade, como em ambientes subaquáticos ou noturnos, para aumentar a visibilidade e a segurança.

Essa sinalização é regulada por normas técnicas e leis específicas dependendo do país e do tipo de edifício ou local. Portanto, é importante sempre se informar e seguir essas diretrizes para garantir a segurança adequada.

Como Instalar sinalização Fotoluminescente?

A instalação correta da sinalização fotoluminescente é essencial para garantir sua eficácia na sinalização de emergência e orientação. Aqui estão algumas orientações e melhores práticas para instalar essas placas de forma adequada:

  • Planejamento e Avaliação: Antes de iniciar a instalação, é importante fazer um planejamento cuidadoso. Avalie o local onde as placas serão instaladas, identificando os pontos estratégicos, como saídas de emergência, rotas de fuga e equipamentos de segurança.
  • Escolha do Local: Selecione os locais adequados para instalação da sinalização fotoluminescente. Certifique-se de que elas estejam visíveis e facilmente acessíveis em situações de baixa iluminação. Evite obstruções que possam bloquear a visibilidade das placas.
  • Superfície Limpa e Nivelada: Prepare a superfície de instalação, garantindo que esteja limpa, livre de poeira, óleo ou outros resíduos que possam comprometer a aderência das placas. Certifique-se também de que a superfície esteja nivelada para um melhor encaixe.
  • Método de Fixação: Existem diferentes métodos de fixação disponíveis, como parafusos, adesivos ou fitas adesivas especiais. Escolha o método mais adequado de acordo com o tipo de superfície e a recomendação do fabricante.
  • Alinhamento e Nível: Ao instalar múltiplas sinalizações fotoluminescentes em sequência, verifique o alinhamento e o nivelamento entre elas para garantir uma sinalização clara e consistente.
  • Teste de Funcionamento: Após a instalação, teste a funcionalidade da sinalização fotoluminescente. Verifique se elas estão absorvendo luz adequadamente e emitindo a luminescência esperada na ausência de iluminação.

Embora seja possível realizar a instalação da sinalização fotoluminescente por conta própria, contratar uma empresa especializada nesse serviço é a melhor opção.

Empresas especializadas possuem conhecimento técnico, experiência e os equipamentos adequados para garantir uma instalação segura e eficiente.

Além disso, elas podem oferecer orientação personalizada sobre a melhor colocação das placas e fornecer produtos de alta qualidade, atendendo às normas e regulamentações aplicáveis.

Conclusão

placas fotoluminescentes

A FORTHLUX, como uma empresa especializada em comunicação visual, compreende profundamente a necessidade de produtos de alta qualidade que não só atendam, mas superem as expectativas de segurança e conformidade. Nosso compromisso é fornecer soluções que garantam a segurança das pessoas de forma eficaz, duradoura e em plena conformidade com as normas vigentes.

Entendemos que cada projeto possui suas especificidades e desafios únicos, e é por isso que oferecemos consultoria especializada para identificar as soluções mais adequadas às suas necessidades. Seja para indústrias, edifícios comerciais, hospitais, escolas ou qualquer outro ambiente que necessite de sinalização de segurança confiável, a FORTHLUX está pronta para oferecer produtos da mais alta qualidade.

Se você busca melhorar a segurança do seu ambiente com placas fotoluminescentes que atendem às mais rigorosas normas de qualidade e segurança, FAÇA UM ORÇAMENTO conosco. Permita que a FORTHLUX ajude você a tornar seu espaço não apenas mais seguro, mas também mais acolhedor e preparado para qualquer emergência.

5/5 - (1 vote)
Eduardo Bello
Eduardo Bello
Analista de Conteúdo | Analista de SEO | Agencia Web Marketing

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *