Placas Fotoluminescentes; saiba tudo sobre

placa de extintor
Placa de Extintor: Saiba tudo sobre esse item tão importante
29/06/2021
nr 23
NR 23: Saiba tudo sobre a Norma de Proteção e Combate a Incêndios
28/07/2021

Placas Fotoluminescentes; saiba tudo sobre

placas fotoluminescentes
 

Visíveis em ambientes escuros, as placas fotoluminescentes facilitam a orientação e salvamento de pessoas em casos de incêndio e pânico.

A norma regulamentadora para o uso das placas fotoluminescentes é a atual NBR 16820:2020, ela especifica os requisitos para o projeto, fabricação, instalação, classificação, aceitação, manutenção e métodos de ensaio de sistemas de sinalização de emergência, prevenção contra incêndio e situações de emergência. Esta norma substitui as canceladas ABNT NBR 13434-1: 2004, ABNT NBR 13434-2: 2004 e ABNT NBR 13434-3: 2018.

As placas fotoluminescentes são itens de segurança muito importantes, por isso são obrigatórias para as sinalizações de emergência, rota de fuga e combate a incêndio.

Em um caso de incêndio, por exemplo, em que se perceba a ausência de sinalização ou equipamentos como extintores com o prazo de validade vencido, o estabelecimento pode ser penalizado com multa e terá de se responsabilizar pelo tratamento das vítimas, quando houver.

Por isso, todo o cuidado e responsabilidade ao garantir a segurança no local é fundamental para a segurança de todos.

O que são Placas Fotoluminescentes?

As Placas Fotoluminescentes se diferenciam das placas de sinalização comuns por sua capacidade de emitir brilho em ambientes totalmente sem luz. Isso ocorre porque em sua produção é utilizado um material especial fotoluminescente. Em outras palavras, ele pode emitir luz após absorver energia de uma fonte externa.

Quando a placa impressa é exposta a uma fonte de luz (seja uma fonte de luz natural ou uma fonte de luz artificial), os elétrons na tinta fotoluminescente serão excitados e se posicionarão em uma órbita de maior energia.

Quando o ambiente fica escuro e carece de luz, esses elétrons relaxam, retornam ao estado fundamental e liberam a energia acumulada na forma de luz.

Desta forma, mesmo em um ambiente escuro, os usuários podem ler as informações contidas nas chapas de impressão, pois possuem uma tinta especial que brilha no escuro.

A intensidade da luz emitida dependerá da energia que o composto pode acumular quando exposto à luz. De acordo com a legislação, o painel fotoluminescente deve ser capaz de manter esse tipo de iluminação por cerca de 30 horas.

Onde são usadas as Placas Fotoluminescentes?

placas fotoluminescentes

As leis e regulamentos atuais exigem o uso das placas fotoluminescentes em alguns lugares, como rotas de fuga, saídas de emergência e indicando a localização de equipamentos de combate a incêndio.

A rota de fuga é o caminho utilizado pelos usuários de uma edificação para entrar nas saídas de emergência em caso de incêndio ou pânico. Para melhorar a eficiência, além de um planejamento cuidadoso, elas devem ter uma sinalização adequada, incluindo indicações de possíveis obstáculos ao longo do caminho.

Por outro lado, as saídas de emergência são estruturas que proporcionam segurança aos usuários, permitindo que saiam do prédio em momentos de perigo. Eles devem ser facilmente acessíveis e ter sinalizações corretas para facilitar sua localização e uso.

Qual a importância das Placas Fotoluminescentes?

placas fotoluminescentes

Como vimos as placas fotoluminescentes são capazes de armazenar luz e permanecer acesas em ambientes totalmente escuros. O que é muito comum em casos de incêndio.

Além disso, é fundamental para facilitar a identificação de equipamentos de segurança como é o caso da bomba de incêndio, alarme, hidrante, extintores, etc.

Em um caso de situação de emergência, por exemplo, em que as pessoas estão naturalmente com os ânimos exaltados, é fundamental que a sinalização possa ser visualizada de maneira rápida e clara por todos no local, inclusive, pelos profissionais bombeiros.

As placas de extintor, de hidrante, de saída, saída de emergência, de rota de fuga, entre outras, precisam conter o recurso fotoluminescente.

Todos as edificações, inclusive as residenciais, como condomínios, precisam contar com placas fotoluminescentes, mas dentre os locais em que esse recurso é imprescindível, estão: casas noturnas, cinema, bares, etc.”.

Quais são as normas regulamentadoras para utilização das Placas Fotoluminescentes?

Para cumprirem corretamente sua função, as placas devem seguir as regras estabelecidas pela norma NBR 16820:2020 que exige, entre outras coisas, que a sinalização seja constituída por materiais que não propaguem chamas e que tenham capacidade de funcionar por até 30 horas, quando não houver energia elétrica. Essas placas também devem ser resistentes a ambientes internos e externos e às intempéries do tempo.

Outro foco da norma é dividir a sinalização de segurança contra incêndio e pânico em duas categorias: sinalização básica (sinalização de proibição, advertência, orientação e equipamentos) e sinalização complementar (não obrigatória, mas que agrega informações à sinalização básica). Em ambos os casos, a fotoluminescência é obrigatória.

Cada estado possui legislação própria e diretrizes específicas relacionadas à sinalização, cabendo ao corpo de bombeiros estabelecer e fiscalizar essas condições. No Estado de São Paulo, a Portaria Técnica nº 20 determina que a sinalização fotoluminescente deve ser utilizada em qualquer lugar público.

Conclusão

Além de cumprir com a regulamentação e segurança contra incêndio e pânico, vale ressaltar que é fundamental que as placas fotoluminescentes sejam instaladas em locais estratégicos, com altura adequada e que seja visível aos olhos de todos. Para isso, conte com os projetos e engenheiros da Forthlux Comunicação Visual & Sinalização de Emergência.

Vale lembrar que somos certificados pela ABNT para produzir as Placas Fotoluminescentes de acordo com a NBR 16820:2020 que é exigida, por exemplo, para obter o AVCB do Corpo de Bombeiros.

placas fotoluminescentes

 
Marcos Moreira
Marcos Moreira
Analista de Marketing Digital | Agência Web Marketing

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *